Amapá perdeu 8.405 vagas de empregos na gestão de Waldez Góes; Vigilantes foram os mais afetados

0
665

Um levantamento realizado pelo portal AMAPA.NET junto ao Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) mostrou que o Estado do Amapá acumula saldo negativo de 8.405 vagas de empregos entre janeiro de 2015 e maio de 2017. Este período compreende o mandato do atual governador Waldez Góes que em sua campanha prometeu que iria gerar empregos e fazer o dinheiro circular. Confira o demonstrativo por ano:

2015: -4729
2016: -3687
2017: 11
Total: 8.405

A função de vigilante foi a que mais perdeu empregos e está diretamente relacionada a decisão do governo do estado em adotar a vigilância eletrônica na rede de ensino estadual. Em segundo lugar vem a de vendedor de comércio varejista, que também sofre com grandes impactos e fechou 2016 com -495 lojas em todo o estado.

 

Maiores saldos negativos

Vigilância: com -1.011
Vendedor de Comercio Varejista: -996
Servente de Obras -494
Operador de Caixa: -339
Auxiliar de Escritório: -234

Saldos Positivos

Faxineiro: 140
Trabalhador de Extracão Florestal: 85
Agente de Defesa Ambiental: 63
Trabalhador Volante da Agricultura: 56
Embalador: 52

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here