Noruega anuncia que deve cortar pela metade repasse ao Fundo Amazônia; Amapá perdeu 40 milhões

0
223

O governo da Noruega anunciou nesta quinta-feira (22) que deve cortar pela metade o repasse ao Fundo Amazônia previsto para o ano que vem, de acordo com informações do Jornal Nacional. Serão R$ 200 milhões a menos para a proteção da floresta brasileira.

Cerca de R$ 3 bilhões em projetos de preservação e proteção de povos indígenas e da Amazônia foram doados pela Noruega. Mas, há cerca de três anos, os índices de desmatamento passaram a aumentar e os noruegueses começaram a questionar as políticas de conservação.

Projeto no Amapá

Em 27.01.2014 o governo do Amapá assinou o projeto Gestão Florestal e Dinamização de Cadeias Produtivas da Sociobiodiversidade do Amapá, com valor de R$ 40.304.200,00 apoiados pelo Fundo Amazônia e prazo com prazo de 36 meses para execução. Os objetivos do projeto eram de: Apoiar (i) o aumento do conhecimento, da assistência técnica e da infraestrutura relativos às cadeias produtivas do açaí, da madeira e da castanha-do-brasil voltados à população extrativista; (ii) o aprimoramento de instrumentos de ordenamento territorial; (iii) a melhoria das condições operacionais e o aumento da qualificação profissional nos órgãos e autarquias estaduais para fortalecer iniciativas de gestão ambiental, territorial e florestal no estado; e (iv) o desenvolvimento de instrumentos voltados para implementação de projetos de Redução de Emissões por Desmatamento e Degradação (REDD).

Os principais órgão beneficiados com os projetos seriam o Instituto Estadual de Florestas (IEF), Instituto de Meio Ambiente e Ordenamento Territorial (IMAP), Instituto de Desenvolvimento Rural (RURAP) e Secretaria de Estado do Meio Ambiente.

Projeto paralisado

O portal do Fundo Amazônia informa que o projeto foi 0% executado, e com os 36 meses já decorridos, dificilmente o Amapá deverá dispor do recurso. Confira a página do projeto neste link.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here