Sede da AMA-AP será construída com emenda parlamentar

0
127

Em 18 de Junho celebra-se o Dia do Orgulho Autista com o objetivo de mudar a visão negativa quanto ao autismo, alterando a compreensão do autismo de “doença” para “diferença”.
Assegurar que as pessoas com autismo não são doentes, mas que elas possuem algumas características próprias que lhes trazem desafios e recompensas únicas, é a essência da comemoração.
Para fortalecer a atenção aos autistas no estado do Amapá, a deputada federal Janete Capiberibe (PSB/AP) destinou R$ 1 milhão das suas emendas para construir a sede da Associação dos Pais e Amigos dos Autistas – AMA. O valor está pronto para ser liberado, assim que a Prefeitura de Macapá responder às demandas do Ministério da Defesa relativas ao projeto e escritura do terreno.
Proteção – Em março, a Câmara dos Deputados aprovou o Projeto que se tornou a Lei 13.438/2017, que muda o Estatuto da Criança e do Adolescente (Lei 8.069/90), para obrigar o Sistema Único de Saúde (SUS) a adotar protocolo com padrões para a avaliação de riscos ao desenvolvimento psíquico das crianças. A matéria será enviada à sanção.
A deputada federal Janete Capiberibe (PSB/AP) defendeu a aprovação da proposta e orientou a votação favorável dos deputados socialistas. “É uma reivindicação antiga das famílias de crianças, adolescentes e jovens com deficiência, especialmente as famílias com filhos autistas, cuja data mundial de conscientização comemoramos no próximo dia 02. Aprovar essa proposta é uma vitória importante, para aprimorar a legislação já vigente, que é resultado de muita mobilização dessas famílias”.
Segundo o texto, os procedimentos de análise médica deverão ser aplicados nos primeiros 18 meses de vida da criança com a finalidade de facilitar a detecção de risco para o seu desenvolvimento psíquico. Os procedimentos serão feitos em consulta pediátrica de acompanhamento. A proposta entrará em vigor 180 dias após sua publicação.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here