Prefeitura busca sensibilizar sociedade sobre violência contra idosos

0
123

Para prevenir a violação de direitos, atender e proteger a pessoa idosa, a Prefeitura de Macapá, em parceria com o Conselho Estadual dos Direitos da Pessoa Idosa (Cedpi), promoveu uma programação especial para os idosos na Praça Floriano Peixoto. O evento contou com piquenique, atividades físicas, rodas de conversa e contação de histórias.

A festa foi em alusão ao dia 15 de junho, que marca o Dia Mundial de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa. A data foi instituída em 2006, pela Organização das Nações Unidas (ONU) e pela Rede Internacional de Prevenção à Violência à Pessoa Idosa.

“Nossa ação é contínua e tem o objetivo de sensibilizar a sociedade para o combate à violência contra idosos e disseminar o entendimento da agressão como violação aos direitos humanos. Eles merecem respeito e devem ser tratados com dignidade e muito amor”, declarou a secretária municipal de Assistência Social e do Trabalho, Naldima Flexa.

Na ação, mais de sessenta idosos dos seis Centros de Referência de Assistência Social (Cras) puderam extravasar energia, compartilhando afeto e carinho com os colegas. Nos Cras, que são de responsabilidade do Município, as pessoas idosas participam de atividades físicas, artesanais e socioeducativas, que abordam temas como direitos humanos, memória, envelhecimento ativo e saudável.

“A gestão municipal dá todo suporte para reestruturar o Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa. A orientação do prefeito Clécio é, sem dúvida, trabalharmos para reduzir a violência sofrida por esse público. Nossas atividades visam promover a autonomia, o protagonismo e a convivência social”, enfatizou o subsecretário de Assistência Social e do Trabalho, Richard Madureira.

“Participamos ativamente das atividades desenvolvidas nos Cras. Somos tratados com dignidade, respeito, atenção e muito carinho. Queremos nos mexer e ter a mente ativa. Temos que nos apoiar e ‘lutar’ para que nenhuma pessoa idosa sofra qualquer tipo de violência. Esta data tem que ser reafirmada todos os dias”, disse Deuza Quaresma, 68 anos.

“Trabalhamos para garantir os direitos do idoso. Agradecemos aos presentes por apoiarem essa causa ativamente, em especial à prefeitura, que, mesmo com toda a dificuldade vista no Brasil, não mede esforços para garantir que o conselho trabalhe em prol de vocês”, disse a presidente do Cedpi, Nádia Souto.

Depois das atividades de lazer e laborais, os idosos relaxaram com piquenique regado a muitas frutas, sucos, uma alimentação saudável. Ouviram também histórias contadas por Ângela Carvalho, sobre seus direitos. O evento contou a presença do vereador Professor Rodrigo e com a parceria da Coordenadoria Municipal de Esporte e Lazer (Comel).

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here