Marba cobra R$ 1,6 milhão e Boêmios alega que documento da dívida é falso

0
1176

AMAPA.NET – O empresária Luciano Marba, dono da empresa de vigilância LmS e do Santos Futebol Clube, entrou na justiça cobrando uma suposta dívida da Universidade de Samba Bôemios do Laguinho. O empresário alega ter emprestado R$ 1,6 milhão, investido na reforma da sede da escola de samba.

Já a direção da agremiação carnavalesca não admite a dívida e afirma que o título extrajudicial de cobrança do valor “tem conteúdo ideologicamente falso, eis que jamais fora celebrado com o Boêmios qualquer contrato de confissão de dívida” e que “o título executivo extrajudicial fora criminosamente assinado após o término do mandato da então presidente Daiana Roniele Ramos dos Santos, como represália por não haver sido reeleita pelos sócios da entidade”.

Daniela foi presidente da Bôemios e a eleição realizada em novembro de 2016, embora apoiada pelo empresário Luciano Marba, foi derrotada pelo atual presidente Jocildo Lemos.

Ainda segundo as alegações apresentadas pela defesa de Boêmios à justiça, a empresa LMS investiu o valor a título de patrocínio, se responsabilizando pela administração dos recursos e execução da obra. A ação tramita na 3ª Vara Civil e de Fazenda Pública desde maio de 2016.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here