Sadala terá que devolver desconto ilegal do duodécimo

0
3687

AMAPA.NET – O prefeito de Santana, Ofirney Sadala, sofreu a primeira derrota na briga pelo duodécimo com a Câmara de Vereadores. Durante audiência de conciliação realizada nesta segunda-feira no Tribunal de Justiça do Estado ficou decidido que o município tem até o dia 08 de junho para depositar R$ 139.028,77 referente ao desconto ilegal realizado no duodécimo do legislativo. O valor é referente ao repasse do mês de maio.

Já em relação ao desconto do mês de abril, no valor de R$ 93.862,00 não houve acordo e ainda não existe previsão de devolução do desconto que será discutido em uma nova audiência de conciliação marcada para o dia 09 de junho.

Os dois descontos no duodécimo foram realizados pelo prefeito sem comunicado prévio ou uma justificativa apresentada aos vereadores. Segundo a mesa diretora da Câmara, a casa tentou buscar entendimentos com o prefeito, porém não obteve resposta, não restando outra alternativa que não fosse a justiça. Na ação o legislativo acusa Sadala de autoritarismo e arrogância.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here